Cabeça de alga~3

quinta-feira, 11 de novembro de 2010 0 comentários
”- Eu não queria que as coisas ficassem as mesmas para toda a eternidade, porque elas sempre podem melhorar. E eu estava pensando… -Minha garganta estava seca.
- Em alguém em particular? - perguntou Annabeth, com a voz suave.
Olhei para ela e vi que estava tentando não sorrir.
- Você está rindo de mim - queixei-me.
- Não estou, não!
- Você está tornando as coisas nada fáceis.
Então ela riu de verdade e abraçou meu pescoço.
- Eu nunca, mas nunca vou tornar as coisas mais fáceis para você, cabeça de alga!
Quando ela me beijou, tive a sensação de que meu cérebro estava se derretendo e escorrendo para meu corpo. Eu poderia ter ficado assim para sempre, mas uma voz às nossas costas resmungou:
- Já não era sem tempo! De repente, o pavilhão estava cheio de tochas e campistas […]
[… ]- Ah, puxa vida! - reclamei - Não se tem mais privacidade?
- Os pombinhos precisam se refrescar! - disse Clarisse com alegria.
[…]Ficamos de mãos dadas até o momento em que nos despejaram na água. Depois quem riu por último fui eu. Criei uma bolha de ar no fundo do lago. Nossos amigos ficaram esperando que subíssemos, mas.. ei, quando você é filho de Posseidon, não precisa se apressar.
E aquele foi, sem dúvida, o melhor beijo subaquático de todos os tempos”

cabeça de alga / cabeça de alga~2

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Cabeças de Alga MS | TNB