Fic PJ - Je suis poussé par l'amour – Cap. 8 – Exploro o navio

terça-feira, 4 de janeiro de 2011 0 comentários
Fic PJ - Je suis poussé par l'amour – por: Natalie ( @_sweetcalypso )
Cap. 8 – Exploro o navio

 Descemos as escadas correndo, tropeçando uns nos outros, viramos à esquerda, o que me assustou, pois eu não tinha explorado aquele lado do navio, na verdade, eu fiquei desmaiada a maior parte do tempo, como não tinha ido a aquela parte do navio, eu não sabia o que havia naquele lado, continuamos andando até um lugar que eu imaginei que fosse a cozinha, na verdade, tive certeza, parecia uma daquelas cozinhas de restaurantes, o mais estranho é que estava totalmente limpa, os balcões de inox brilhavam à pouca luz que entrava por uma pequena janela. Não havia sinal de Percy, e nós tínhamos certeza de que o grito vinha dali, eu vi que havia uma porta, então cutuquei o braço que estava mais perto de mim (senti que era Kyle, não que Annabeth fosse fraca, mas os braços de Kyle eram bem mais "fortes" que os dela) e apontei para a porta, fizemos um sinal para que Annabeth nos seguisse, então, fomos silenciosamente até a porta, eu puxei meu pingente e o deixei na forma de adaga, Kyle e Annabeth arregalaram os olhos, eu havia me esquecido de contar a eles sobre a meu pingente/adaga/espada achei melhor contar a eles depois, então nós abrimos a porta e eu tenho certeza de que não fui a única a ficar surpresa com o que vimos.
Eu juro pelo Estige que a minha vontade foi de matar Percy assim que o vi rindo e devorando uma lata de batatas Pringles, bom,o grito dele parecia mais um "uhuul" do que um "aaah" mas ainda assim estava muito brava por ele nos assustar tanto, mas antes que eu pudesse dizer algo Annabeth passou correndo por mim, foi até Percy e o abraçou, quando ela o soltou ele disse:
-Encontrei 5 caixas cheias de latas de batata! Todas na validade. Tem vários engradados de coca-cola no freezer e varias outras coisas.
-Que bom que está bem, Cabeça de Alga – disse Annabeth sorrindo.
Ele gritou mais um uhul e continuou comendo, Kyle subiu, Annabeth abraçou Percy novamente, eu estava me sentindo uma intrusa la, então continuei a explorar o navio, no lado direito haviam mais algumas cabines e dois banheiros, um feminino e um masculino, nunca gostei de banheiros, acho que era porque em todos os filmes assustadores que eu via, era no banheiro que a pessoa era capturada ou morta, e se banheiros me assustavam, o desse navio me assustava 1000 vezes mais, mas mesmo assim, entrei, ele estava limpo, era todo de azulejos em lilás, havia um grande espelho, eu vi meu reflexo no espelho...eu não estava tão ruim quanto pensei, o "não tão ruim" já estava bom pra mim, continuei olhando para o banheiro, haviam duas cabines sanitárias e duas cabines com chuveiros, em uma delas, havia um sabonete rosado, um vidro de xampu e condicionador de limão, quando vi, me lembrei que Annabeth me disse que gostava de usar xampu de limão, achei o fato de ter exatamente o tipo de xampu que ela gostava na cabine do chuveiro me deixou assustada, mas fiquei mais ainda ao olhar o outro chuveiro, havia um vidro de sabonete liquido de orquídea e rosas, e um vidro de xampu e condicionador de morango, exatamente o que eu gostava de usar, aquilo já era demais pra mim, - chega de banheiros- pensei, e sai correndo para o outro lado do navio.
Depois da cozinha, haviam mais três portas, uma levava a uma sala de jantar, a segunda porta, levava a uma espécie de sala de recreação, havia uma mesa de sinuca, alguns jogos de tabuleiro, um lindo tapete felpudo branco cobria o chão do salão, haviam alguns pufes e uma lareira, passei para a outra porta e vi que por trás dela havia um grande escritório, tinha estantes de livros, uma linda mesa com um mapa em cima, uma cadeira que parecia confortável atas dela, e várias outras coisas que se costumam ter em escritórios, olhei os livros na estante e peguei um com o título "Curiosidades sobre o mundo mitológico"sentei na cadeira (que era realmente confortável) e comecei a ler... eu olhava as gravuras com atenção, imaginava como as coisas teriam sido e era como se eu estivesse la, quando parei de ler, notei por um relógio que estava encima da mesa que eu estava ali fazia umas 3 horas, já devia ter escurecido, então voltei para cima, vi meus amigos la fora, do mesmo jeito que encontrara naquela mesma manhã, Percy e Annabeth de um lado conversando, e do outro Kyle fazendo algo com um pedaço de madeira e uma faca, depois de olhar, decidi que já era hora ir falar com ele.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Cabeças de Alga MS | TNB